Tudo o que você precisa saber sobre dropshipping

O sonho da maioria dos empreendedores é ter um negócio na internet para vender seus produtos sem precisar ter um espaço físico de estoque. Além do que, não precisará se preocupar com os insumos para as embalagens, estantes e bancadas ou um investimento alto para iniciar o seu comércio online.

Graças ao ​ dropshipping​ , que proporciona uma alternativa de começar seu negócio apenas utilizando um computador e um bom plano de internet sem sair do conforto da sua casa ou podendo escolher qualquer lugar do mundo para trabalhar, isso é possível.

O dropshipping é um modelo de e-commerce onde o empreendedor pode começar a gerar seu próprio negócio com custos mínimos. Esta modalidade consiste em receber os pedidos dos clientes e direcionar estas encomendas de compra ao seu fornecedor, que cuidará do envio dos produtos para os seus clientes em nome da empresa. Deste modo, o gerenciador deste modelo atua como intermediário e não precisará ter acesso ao produto ou manipulá-lo.

Afinal, como começar um negócio com dropshipping

Antes de explicar como começar um negócio com esta modalidade, iremos explicar o real significado do termo dropshipping.

A palavra se originou através de dois termos interligados a um nome, ou seja, drop: que significa largar, e shipping: que pode ser representado como remessa. Conhecendo o real significado fica muito mais fácil de entender a utilidade da técnica para as lojas virtuais: simplesmente, deixar a entrega e o estoque dos produtos por conta de outra empresa.

Agora que ficou claro o significado da palavra, vamos dar continuidade de como começar um negócio com dropshipping.

O dropshipping pode ser um caminho de abrir um e-commerce com apenas pouco capital e sem precisar ter um estoque. E neste artigo iremos te dá o passo a passo do seu planejamento que irá facilitar a sua vida.

– O primeiro passo é saber o que vender pela internet:

Não serve de nada ter o melhor produto do mundo se ninguém quiser comprá-lo. Por isso, antes de fixar na sua mente algum produto que queira colocar na sua loja virtual, é preciso que pesquise as palavras-chave adequadas, pois a maior parte de suas vendas serão através da internet. Uma dica de ver se há demanda para umproduto é verificar se há concorrência de preços ou do produto em si.

– O segundo passo é encontrar uma plataforma de venda:

Para que você possa oferecer os seus produtos existem vários portais que têm dropshippers que irão oferecer estes serviços. Por exemplo, a E-bay, Aliexpress, Amazon, Mercado Livre ou OLX, que são sites específicos de vendas de produtos.
Esses são sites de leilões online crescem de um forma exponencial, recebendo muito tráfego e alguns são sem taxas ou muito baratos de usar, além de ser diversificado, pois cada site tem seus próprios visitantes únicos. Depois verifique com a plataforma escolhida e descubra quais as margens de lucro disponíveis para você, quais as formas de pagamento eles aceitam, quais são os termos de envio deles, etc.

– O terceiro passo é registrar um nome de domínio para seu negócio:

Para que o seu negócio seja levado a sério, é preciso criar um domínio “.com.br” para seu site. Usar o seu próprio domínio em vez de usar o subdomínio fornecido com a sua loja ou na loja hospedada agrega credibilidade e profissionalismo. E a escolha de um bom nome também pode aumentar o fluxo de visitantes para sua loja. E para isso é necessário otimizar a possibilidade de seu website ser encontrado nas ferramentas de buscas colocando palavras-chave relacionadas ao produto que queira vender. Por exemplo, se for vender camisetas com estampas debanda de rock, você pode escolher o nome do domínio “camisetasderock.com.br”, se estiver disponível.

– O quarto passo é montar uma estrutura de divulgação​ :

O segredo para ser um bom vendedor é ter conhecimento em ​ Marketing Digita​l que refere-se ao marketing por meio do canais digitais, como redes sociais, e-mail, marketing de conteúdo, redes móveis e mecanismos de buscas. Ter um conhecimento profundo sobre o marketing digital ou investir numa empresa que forneça todas as estratégias para divulgar o seu produto é a melhor forma de vendas online. Além disso, é bastante comum que as lojas online ofereçam formulários onde os visitantes possam deixar seus nomes e e-mails, para que você coloque em prática a estratégia chamada de disparo de e-mail marketing a uma base altamente qualificada. Você pode mandar para eles e-mails semanais ou quinzenais com suas ofertas especiais, com anúncios de novos produtos, dicas úteis e recursos.

– O quinto passo é encontrar o fornecedor certo para revender os produtos:

Para buscar os fornecedores qualificados que ofereça produtos com baixo preço e qualidade na entrega é preciso buscar algumas indicações com as pessoas do seu círculo social ou procurar em mecanismos de buscas e avaliar os resultados.
De acordo com o ​ Sebrae​ , durante a busca por um fornecedor, você deve pesquisar fatores como:
· Distância física;
· Referências;
· Custo do frete;
· Qualidade;
· Capacidade de fornecimento;· Preço;
· Prazo;
· Forma de pagamento e de entrega.

O dropshipping é legal no Brasil

Para ter um negócio online é preciso legalizar a sua loja virtual para garantir que sua empresa sempre cresça e não seja esbarrada por qualquer obstáculo legal. E para que a sua loja seja considerada uma atividade legal no Brasil, é necessário, além de outros documentos, abrir um CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica).

Com CNPJ (que é um número único, que identifica a sua empresa) e todos os documentos necessários para iniciar as operações, você estará dando os primeiros passos para vender dentro da lei.

Outra dica importante se refere aos produtos que serão comercializados pela sua loja online, é preciso ter em mente que os produtos precisam conter descrições detalhadas e precisas, sempre condizentes com o que é realmente vendido. Para calçados e afins, é importante inserir medidas exatas, instruções de lavagem e manuseio, entre outros dados que podem ser do interesse do cliente.

Atente-se também a uma regra que se chama Direito do Arrependimento. Com ela, o consumidor tem até 7 dias úteis para se arrepender da compra e a cancelar. Isso significa que o cliente não arca com a devolução, ou seja, todo o valor da compra, incluindo o que foi pago pelo frete, deve ser entornado. E essas são informações que devem ser exibidas na sua loja online para que evite problemas futuros.

O dropshipping vem crescendo no Brasil e para que a sua loja virtual funcione bem e tenha todo o sucesso que você deseja alcançar, é preciso que todos os processos contábeis estejam dentro dos conformes e a Bento Contabilidade é uma empresa especializada na contabilidade para e-commerce. Para saber mais como administrar um loja online e ter sucesso, ​ entre em contato conosco​ .