Crescimento do Comércio Eletrônico

Você sabe a respeito do comércio eletrônico e como o crescimento dessa área afeta o seu dia a dia? Hoje tudo que fazemos é de forma digital. Esqueceu seu celular em casa? Basicamente ficou sem ter em mãos sua agenda de contatos, aplicativo de transporte, delivery de comida, acesso à conta do banco, além dos e-mails super importantes de trabalho. Um aparelho tão pequeno guarda informações e dados super poderosos que tornam nossa rotina mais prática e nos aproxima uns dos outros apesar de distâncias quilométricas gigantes.

Mas além de consultarmos nosso smartphone para as tarefas citadas acima, realizamos compras. Sim, compras! Independente do setor (seja de serviços ou produtos), possuímos a chance de comprar através de um clique, desde uma calça jeans até um brinquedo de plástico voltado para cães. O mundo digital se tornou imenso, e o comércio eletrônico pegou carona nesse processo e cresceu demais de 2019 para cá. Com o coronavírus, houve algumas mudanças. De acordo com o estudo Webshoppers realizado pela Ebit analisando o consumo digital em meio à pandemia, houve uma pequena diminuição nas compras online de produtos físicos em maio de 2020: “A última semana de maio apresentou uma diminuição no número de pedidos diários feitos em lojas virtuais brasileiras. Esta redução, inclusive, acontece no mesmo período em que muitas cidades do Brasil começam a flertar com a flexibilização das medidas de distanciamento social. […] Projetamos que, caso esta tendência se mantenha e o isolamento social reduza nas próximas semanas, a média de pedidos diários no e-commerce brasileiro estabilize, ainda assim, em um patamar superior ao período pré-pandemia do novo coronavírus.”

Porém, em relação aos serviços, os dados foram um tanto diferentes: “O número consolidado pode não transparecer, mas a venda online de serviços foi bastante impactada pela crise do novo coronavírus. Categorias envolvendo serviços realizados “fora de casa” sofreram um baque nas vendas e ainda não foram capazes de recuperar o ritmo das vendas pré-pandemia – casos de passagens e pacotes turísticos e ingressos, por exemplo. A curva geral, entretanto é sustentada pelo aumento considerável de outros tipos de serviços, como cursos online, aplicativos de entrega e restaurantes. Estas categorias, para consumo “em casa” tiveram crescimento expressivo no número de vendas.” relata a pesquisa da Associação Brasileira de E-commerce (ABComm) junto a Ebit. (Caso você queira ver os gráficos e números das pesquisas, confira o site da Ebit e baixe o conteúdo em PDF).

O fato é que o comércio eletrônico está ganhando espaço no Brasil apesar da pandemia do Covid-19. O crescimento possivelmente seria maior caso não estivéssemos em meio a pandemia do coronavírus, porém, ainda assim obtivemos crescimento neste setor. O Covid-19 reforçou o aumento da modernização. A digitalização está sendo necessária e empreendedores que estão inseridos neste meio digital estão buscando maneiras de se especializar em marketing digital para ver seu negócio crescer: “Cada dia mais as redes sociais e os meios digitais estarão presente no dia a dia das pessoas, para quase todas as atividades. Este será nos próximos anos um grande campo de atuação para o empreendedor.” diz o site Gerando Empreendedores. Ao saber maneiras de se conectar cada vez mais com seu cliente, há mais chances de aumentar as vendas. As redes sociais aliadas as estratégias do marketing digital já se tornam essenciais.

A PCCE (Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico) aponta que em 2019 houve um faturamento no Estado de São Paulo no primeiro trimestre de aproximadamente R$7,9 bilhões de reais com o comércio eletrônico. No interior da cidade, a região de Campinas registrou R$1,8 bilhão. O coronavírus pode ter afetado a economia, mas o comércio eletrônico tende a crescer em determinadas categorias.

Após este levantamento de dados e informações, você ainda está com receio de trazer o seu negócio para o mundo digital? Este momento de pandemia nos leva a nos reinventar. Por que não estudar mais sobre o assunto e colocar em prática? O presente já é em grande maioria digital, portanto, este é um bom cenário para você começar a colocar sua empresa em formatos digitais. A Associação Brasileira do Comércio Eletrônico (ABComm) está disponibilizando cursos online e gratuitos justamente para que você não fique parado e se atualize!. Os temas disponíveis são: Como vender pelo Instagram, Como montar uma loja virtual, Facebook Ads e Marketing no Youtube. Vale conferir até quando estarão disponíveis as aulas.

Além dessa oportunidade de ganhar mais conhecimento e engatar seu negócio, é importante que você se abra para novidades contábeis dentro do comércio eletrônico:
“Como qualquer empresa, um e-commerce precisa estar devidamente registrado perante os órgãos competentes para operar de maneira legal. Desta forma, é preciso seguir todos os trâmites legais que envolvem a abertura de uma empresa, como registro na junta comercial, emissão de CNPJ e inscrição estadual, por exemplo.” afirma o Eu Contador.

O mundo digital está consistente e possui regras a serem seguidas. Cuidar da contabilidade é importante mesmo no comércio eletrônico. Justamente por estar crescendo e se desenvolvendo, as empresas que estão adentrando no modelo online precisam tomar cuidados com o setor contábil. Mesmo em meio a pandemia do coronavírus, crise financeira e mudança de hábitos de consumo, é possível se organizar e fazer com que sua empresa tenha uma boa gestão financeira no meio digital.

Portanto, se você tiver alguma dúvida a respeito de contabilidade para negócio digitais, nós da Bento Contabilidade teremos o maior prazer em te ajudar. Contamos com uma equipe de especialistas que conhecem nichos de mercado, possuem conhecimento e experiência para fazer com que você e sua empresa consigam adentrar de maneira saudável e consistente no comércio eletrônico, no mercado digital mesmo em tempos de pandemia! Não existe momento perfeito para começar, nós podemos te auxiliar e dar todo suporte para que obtenha muito sucesso dentro do seu empreendimento. Lembre-se que o mundo está em transformação, para digitalização. Você não vai ficar de fora, não é?

@import url(https://bentocontabilidade.com.br/wp-content/plugins/siteorigin-panels/css/front-flex.min.css); #pgc-2821-0-0 { width:100%;width:calc(100% – ( 0 * 30px ) ) } #pl-2821 #panel-2821-0-0-0 { } #pl-2821 .so-panel { margin-bottom:30px } #pl-2821 .so-panel:last-child { margin-bottom:0px } #pg-2821-0.panel-no-style, #pg-2821-0.panel-has-style > .panel-row-style { -webkit-align-items:flex-start;align-items:flex-start } @media (max-width:991px){ #pg-2821-0.panel-no-style, #pg-2821-0.panel-has-style > .panel-row-style { -webkit-flex-direction:column;-ms-flex-direction:column;flex-direction:column } #pg-2821-0 > .panel-grid-cell , #pg-2821-0 > .panel-row-style > .panel-grid-cell { width:100%;margin-right:0 } #pl-2821 .panel-grid-cell { padding:0 } #pl-2821 .panel-grid .panel-grid-cell-empty { display:none } #pl-2821 .panel-grid .panel-grid-cell-mobile-last { margin-bottom:0px } }