Veja como começar a empreender em um e-commerce

A procura para trabalhar com e-commerce cresce cada vez mais. Afinal, trabalhar com flexibilidade, com a comodidade de sua casa que permita uma boa rentabilidade, é o sonho de muitas pessoas. Por isso, empreender na internet, a cada dia que passa, ganha cada vez mais força e proporciona diversos benefícios.

Além disso, com a pandemia, este segmento cresceu de forma exponencial, sendo um dos principais motivadores para que as pessoas começassem a empreender em um e-commerce. Isso porque a demanda aumentou, e as vantagens deste trabalho remoto aumentaram igualmente.

Porém, começar o negócio digital do zero é um desafio para muitos. Por isso, preparamos este artigo para você tirar os seus sonhos do papel, pois as previsões dos próximos anos são extremamente animadoras e você não pode ficar fora dessa!

Abaixo, você confere o passo a passo de como começar a empreender em um e-commerce:

1 – Planejamento

Abrir um negócio no mundo virtual é muito parecido como abrir um negócio tradicional. Entretanto, a maioria dos empreendedores ao começar seu negócio digital, comprometem uma grande quantidade do valor de investimento com a compra ou aluguel da plataforma do seu e-commerce, ou seja, do seu site. Contudo, os maiores investimentos não estão aí, e sim na operação.

Supondo que um cliente compra seu produto ou serviço, você terá outras tarefas, como a operação, a logística, e como funcionará este negócio. Nessas etapas, o investimento é muito maior do que um simples pagamento de hospedagem do site ou plataforma. Por isso, avalie os pontos a seguir:

  • características do mercado;
  • produtos que serão vendidos;
  • estoque;
  • logística;
  • valores de investimento.

Se ainda está com muitas dúvidas sobre esta etapa, entre em contato com uma contabilidade, que ela irá te auxiliar em cada processo de como criar meu negócio digital.

2 – Plataforma e Tecnologia

Quando se trata de um e-commerce, este é um aspecto que dificilmente fica de fora, não é mesmo? Mas, muitos que querem empreender com sucesso não sabem como funcionam as plataformas. Assim, onde empreender é um ponto fundamental para englobar todas as pretensões da empresa e do seu público alvo. Veja abaixo os principais tipos de e-commerce:

  • Open Source: plataforma em que o código é aberto e gratuito. Nessa categoria se enquadra a que envolve a de custo mais acessível, mas que limita o atendimento aos clientes e o desenvolvimento de seu próprio layout, por exemplo.
  • Híbridas e proprietária: onde o código pode ser customizado pelo cliente, podendo atender as reais expectativas do cliente e ter seu próprio layout. Assim, é possível acompanhar as tendências do mercado e personalizar o site para atender as demandas necessárias.

Para definir o tipo ideal para o seu empreendimento, é fundamental que se tenha o plano de negócios. Só assim, você terá as especificações da sua empresa e conseguirá definir como será a plataforma ideal para o seu negócio.

3 – Integrações

Ao abrir seu e-commerce, a capacidade de integração de plataformas não deve ficar de fora de sua análise. Se você ainda não sabe como funciona o e-commerce, saiba que existirá uma série de atividades para serem realizadas, e se feitas individualmente, ocorrerá o desencontro de informações.

Neste âmbito, é preciso verificar a integração da loja virtual com outros sistemas, como o estoque, a gestão financeira, a contabilidade e a emissão de notas fiscais.

4 – Comunicação Visual

Um ponto muito importante, é a chamada comunicação visual do seu e-commerce. A paleta de cores, tipografia e imagens devem ser muito bem pensadas. Isso não apenas para deixar o visual agradável para seu cliente, mas também para não deixar uma aparência desleixada, pois influenciará na hora da compra.

5 – Gestão de Conteúdo

Para criar um negócio digital milionário, é preciso investir e gerir o conteúdo dentro do e-commerce. Ou seja, cuidar daquilo que seus clientes irão olhar, como textos, imagens, filmes, descritivos de produtos, regulamentos, banners, fotos e assim por diante. Cada um desses conteúdos tem uma peculiaridade e, por isso, é preciso apostar em uma equipe de criação para gerenciar direitos autorais, licenças de uso de fotos e filmes, publicação, prazos de expiração de produtos e/ou promoções e as exclusões do sistema.

6 – Operações e Logística

Para empreender pela internet, é de suma importância que você defina como será o atendimento ao cliente e como serão as operações diárias. Além disso, definir como será o processo do envio de produtos ou prestação de determinado serviço. Levante todas as informações envolvida nestas etapas para se organizar e garantir que no dia a dia você não se “enrole” todo.

7 – Serviços Financeiros

Essa é uma das partes que mais interessa o cliente, e por isso deve ser feita com muita atenção. Assim, abaixo separamos três sistemas para seu negócio receber o pagamento:

  • Gateways de pagamento (Cielo e RedeCard);
  • Intermediadores de pagamento (PayPal, PagSeguro, Moip etc.);
  • Integração direta com o comprador (sistema próprio).

Para uma melhor gestão do setor financeiro, e para empreender grande desde pequeno, é necessário que a contabilidade financeira esteja em todos os processos. Isso evitará problemas futuros e que você tenha apoio nesses procedimentos.

8 – Marketing Digital

Sem dúvidas que o trabalho de uma empresa de Marketing Digital fará toda a diferença na sua loja virtual. Um negócio digital de sucesso conta com a divulgação da empresa por diversos canais de comunicação. Mas, é preciso paciência, já que os resultados podem demorar um pouco para aparecer.

9 – Diferenciação de produtos

Para conseguir ganhar espaço no mercado, é importante que seus produtos se destaquem e atinjam as expectativas dos clientes. Após ter montado todo este sistema de e-commerce com eficiência, ter sucesso com seus produtos é fundamental. Mas, se você contar com uma boa gestão e bom planejamento, as coisas fluirão melhor.

Além disso, a contabilidade é um serviço essencial para qualquer segmento de e-commerce. Não existirá uma receita pronta para muitas tarefas, e com a contabilidade auxiliando nas tomadas de decisões, principalmente aquelas burocráticas que confundem muitos empreendedores, fará toda a diferença.

Gostou das dicas? Siga o passo a passo ou fale com um de nossos colaboradores para te auxiliar nessas etapas.