Imposto de renda para Youtubers

Nunca ouviu falar em imposto de renda para youtubers? O imposto de renda para pessoas físicas é feito anualmente, e não diferentemente, se você começou a trabalhar nesse segmento e possui alto rendimento, então precisará pagar imposto de renda.

Isso porque, muitos youtubers começam e continuam trabalhando como pessoa física. E, assim como qualquer outro trabalho no Brasil, o pagamento do imposto de renda deve ser feito.

Seja youtubers famosos ou não, de acordo com o seu faturamento essa obrigação deve ser feita junto a sua contabilidade. Contudo, caso você trabalhe ainda como pessoa física, corre o risco de estar pagando um valor alto de imposto de renda.

Nesse artigo, vamos falar tudo sobre imposto de renda para youtubers para tirar todas suas dúvidas. Continue lendo:

 

Imposto de renda para Youtuber: é necessário pagar?

A profissão de youtuber ainda é algo muito novo no Brasil. Internacionalmente, esse meio já era muito mais conhecido, mas a chance de se tornar um youtuber brasileiro ficou mais fácil atualmente. Logo, as pessoas começavam a fazer vídeo como pessoa física e a faturarem mais de R$1.900,00 era obrigado a recolher impostos mensais, por meio do conhecido carnê leão. Portanto, aqueles que não faturam mensalmente este valor estavam a salvo de qualquer pagamento de imposto.

Assim, trabalhando como pessoa física para produzir vídeos para o youtube além do pagamento do carnê leão, é necessário também contribuir com a previdência social. O valor a ser pago para a previdência é de 20%, porcentagem aplicada sobre os seus ganhos e esse valor de contribuição pode chegar até R$7.087,22, que é o teto do INSS.

Após toda essa explicação, a resposta ficou fácil: Youtuber deve pagar imposto de renda todos os meses, assim como qualquer outro serviço autônomo prestado em outra área ou segmento do mercado.

Caso ainda não pague imposto de renda, cuidado! Você pode ter problemas. Então, regularize a sua situação o quanto antes e fale com a gente para tirar suas dúvidas.

 

Monetização do YouTube: como funciona o pagamento para youtubers?

Fazer um dinheiro extra ou até mesmo fazer a sua renda mensal produzindo vídeos ficou muito popular. Logo, a plataforma ficou muito conhecida por todos os públicos, seja crianças, jovens, adultos ou idosos. Há uma variedade: youtubers de minecraft, youtubers engraçados, youtubers de vlog etc.

O pagamento do YouTuber para empreendedores brasileiros depende de algumas regrinhas. Veja:

  1. Ter mais de 4 mil horas de exibição públicas válidas nos últimos 12 meses;
  2. Ter mais de mil inscritos;
  3. Ter uma conta do Google AdSense vinculada ao canal;

Além desses requisitos, há ainda compras de Super Chats, compra de produtos oficiais e assinaturas dos Clubes. Tudo isso também acaba fazendo parte da monetização para os youtubers.

 

Como receber o pagamento do YouTube?

O pagamento pode ser feito tanto para pessoas físicas como pessoas jurídicas.

Para receber o pagamento, sua conta já deve ter cumprido os requisitos e ter sua conta do canal vinculada a uma conta do AdSense. Também, é necessário vincular uma forma de receber esse dinheiro.

Após configurar essa plataforma, o pagamento está liberado. Mas, apenas se o valor a receber ultrapassar 100 dólares, ou seja, ter por volta de 500 reais.

Ainda está perdido e não sabe como configurar os pagamentos no Google AdSense? Colocamos um passo a passo para te ajudar:

  1. Vá na conta do Google AdSense;
  2. Acesse o campo de pagamentos;
  3. Depois selecione “Como você recebe pagamentos”;

Após isso, o pagamento é feito por meio de uma remessa internacional. Nessa etapa, é importante você analisar se vale a pena receber o dinheiro pelo banco que você usa ou usar como intermédio uma empresa que trabalhe com envio de remessas internacionais. Isso porque, muitas vezes a taxa cobrada por essas empresas são menores que as dos bancos tradicionais.

 

Como funciona o câmbio para pagamentos do YouTube?

O câmbio para os youtubers é uma prática muito comum, uma vez que recebem em dólares e não em reais. Quando o banco recebe a remessa do pagamento em dólares é necessário fazer a conversão em reais, ou seja, realizar o câmbio.

O câmbio é feito de acordo com o valor do dólar naquele dia: se o valor do dólar estiver baixo, o youtuber acaba recebendo menos, se o valor do dólar estiver alto, consequentemente o youtuber acaba aumentando seu rendimento.

Normalmente, além da taxa para receber o dinheiro, deve ser pago também uma taxa para realizar a conversão.

 

Como funciona o imposto de renda para youtubers?

Como vimos anteriormente, a declaração do imposto de renda deve ser feita tanto pela pessoa física como pela pessoa jurídica. A regra básica a ser seguida é o faturamento. Caso ainda esteja faturando pouco, continuar como pessoa física é a melhor opção; mas, se esse faturamento aumentar, pode ser que você pague mais imposto de renda.

Portanto, o valor do imposto de renda para pessoa física pode chegar a 27,5% da renda total, sendo que o valor pago não pode ser maior que o teto do INSS.

Quando o youtuber começa a ter uma renda mais alta, é importante que ele procure a contabilidade para pagar menos impostos. A contabilidade irá ajudar a te enquadrar na melhor tributação: Simples Nacional, se o faturamento for de até R$15 mil mensais ou no Lucro Presumido caso o valor faturado seja maior. De acordo com o enquadramento, como pessoa jurídica, o valor do imposto pode ser de 16,3% sobre o rendimento no Lucro Presumido e 6% no Simples Nacional.

Muita diferença, não é? A economia no Simples Nacional é significativa, e com certeza fará diferença no final das contas.

Então, abrir empresa como YouTube como aumentar seus ganhos e reduzir significativa o valor do Imposto

 

A importância da declaração do imposto de renda para youtubers

Se você ainda não declara imposto de renda, ou faz de forma incorreta sem a ajuda de um profissional qualificado, cuidado! As multas podem ser gigantes. Por isso, não adianta ter um bom rendimento como youtuber se você não está regularizado.

 

Fale com a Bento Contabilidade, vamos te ajudar em todos os processos e regularizar suas declarações!